Home

Quando estive na Bahia fazendo Os Capitães da Areia escrevi vários textos sobre educação, sobre a necessidade dela para elevar a auto estima além de permitir que o indivíduo possa ele mesmo conhecer suas potencialidades. Ao mesmo tempo a educação precisaria levar em conta a formação do indivíduo e não só sua instrumentação…enfim encontrei um caso interessante:

http://www.catracalivre.com.br/2008/11/como-brasilia-perdeu-uma-prostituta/

Leiam que eu adorei a história. Não é de hoje que ONG’s de educação vem realizando feitos na transformação da realidade de jovens que além de terem aquela visão desastrosa do futuro que os adolescentes já tem convivem com o desastre social de uma sociedade que ainda só pensa em caridade e não em um trabalho de fundo.

Infelizmente ainda somos muito auto centrados e pouco interessados na vida em comunidade.

Aliás esse site é bem bacana.

Um pensamento em “Mais um exemplo

  1. Oi Christian..

    resolvi escrever, depois da tua ida nunca mais nos falamos… as coisas passam tão rápido, parece até que os nossos encontros foram um filme dentro do filme!!
    como está são paulo?? aqui em “Frogville” a coisa vai mal, você deve ter visto pelos noticiários.. muita chuva cara!!! impressionante, nunca vi disso!! a chuva é tanta que tivemos que interromper as filmagens, faz cinco dias q estamos parados, e resolveram antecipar a ida para o paraguai, vamos amanha para lá.. mas já filmamos mais de sessenta por cento das cenas!!
    p mim esse universo de set é novo, como eu comentava contigo, mas eu to conseguindo me sentir a vontade ate cara… lembro sempre das coisas q vc me dizia, e da história de relaxar a ponto de dormir em frente a camera.. tenho percebido que esse é um caminho q facilita muito (tornar a camera invisivel) – to trabalhando bastante nesse sentido. to gostando sabe.. apesar de ainda nao conseguir me sentir criador como no teatro. mas isso é uma questão de adaptação à linguagem acredito..
    lembro muito de você também quando estou prestes a entrar em cena, dentro da minha concentração e por instantes me distancio e percebo a parafernalia em volta, com gente medindo a distancia da camera ate meu olho, o povo da luz berrando, o povo da arte correndo, a produção se estressando e de repente vem o ação e no meio de toda essa confusão você tem q estar ali inteiro e deu!!! muito louco, mas legal tbm.. as dicas q vc passou foram bem importantes p eu estar lidando com isso na boa..
    e o restante do povo q fez parte da preparação sempre faz referência a você.
    enfim, resolvi escrever pq nunca mais tivemos contato e de certa forma você também faz parte desse processo.. e por mais q na hora de filmar tudo se transforme, acredito q a tua mão vai estar impressa no resultado final de alguma forma!!!

    um abraço e merda p gente!!! Edu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s